UK Fr

Situação de kaithé

O vilarejo de Kaithé se encontra no planalto da Província Oriental do Quênia, entre as cidades de Meru e de Isiolo. A vila mais próxima é Ruiri, localizada à 5 km.

O clima é seco com poucas chuvas, e as noites são frescas. Um forte vento sopra constantemente.

Nao ha eletricidade, e a água potável é atualmente fornecida à populaçao, e mesmo em algumas casas, graças ao poço construído em 2013.

Em Kaithe moram 120 familhas, aoredor de 600 pessoas, das quais 150 crianças entre 3 e 12 anos.

A maior parte da população trabalha na agricultura . Alguns se dedicam ao comercio, têm pequenas vendas onde comercializam os produtos básicos. Poucas pessoas em Kaithé têm um emprego fixo. Outros trabalham em empregos temporários longe de suas famílias, principalmente na época das colheitas.

As casas podem ser de barro ou de madeira, algumas com o chão em cimento, mas a maioria em terra batida.

Existem duas escolas primárias em Kaithe, uma pública e outra particular, esta última sob a direçao de uma igreja evangélica.

Educação

Desde 1985 o sistema educacional do Quênia é baseado num ciclo de 8-4-4, começando na idade de 6 anos.

O inglês e o swahili são ensinados na escola primária. A partir do ensino médio, o inglês é estudado como idioma principal. O país conta com sete universidades públicas.

L'anglais et le swahili sont enseignés à l'école primaire. Ensuite, l'anglais devient la langue de référence. Le pays compte sept universités publiques.

Saúde

Os desafios mais importantes para a medicina queniana são a luta contra a AIDS, a malária e as infecções derivadas da falta de água potável, que contribuem a uma taxa alta de mortalidade infantil.

A AIDS é a maior ameaça ao estado de saúde dos quenianos, resultando em um grande número de órfãos no país, muitas vezes eles mesmos já contaminados com a doença.

A malária, as diarréias e a febre tifóide constituem o maior numero de óbitos entre as crianças com menos de 5 anos de idade. E isso particularmente durante a estação de chuvas nas favelas urbanas, que não possuem serviço de evacuação de esgoto e nem da coleta de lixo.

Economia

A moeda nacional é o Xelim queniano (KES)
O Quênia é um país que tem:

A agricultura emprega 19% da população ativa e representa 15,8% do PIB

O Quênia é auto-suficiente no conjunto dos produtos de necessidade básica. A primeira cultura é o milho que cobre 62% das terras cultiváveis. A batatinha, o feijão, o amendoim e o tabaco são igualmente cultivados nos altos planaltos, principal região agrícola. A cana de açúcar, o trigo, a mandioca, o abacaxi, o algodão, bem como a manga e o coco, são produzidos na região costeira.

Alguns índices (2010):

Parte dos principais setores de atividades no PIB:

 

O QUÊNIA & KAITHÉ

Geografia e clima

Quênia se situa no leste do continente africano e faz fronteira com a Etiópia, o Uganda, a Somália, o Sudão e a Tanzânia. É margeado pelo oceano Indico por 536 km e possui uma superfície de 580.367 km². Sua população é de aproximadamente 30 milhões de habitantes.

O Quênia é atravessado em sua parte central pela linha do Equador. As regiões situadas ao norte da linha, e que constitui dois terços do país, têm um clima desértico ou semidesértico. A costa é mais úmida e quente, com a temperatura variando entre 24 e 27 °C. Nos planaltos a temperatura é mais fresca, entre 11 e 26 °C.

Há duas estaçoes chuvosas: fortes chuvas en outubro e novembro, e menos chuva en março e abril.

As planícies se encontram na parte leste do país e são ocupadas principalmente pelas savanas. As terras ligeiramente retiradas do litoral são terras aráveis onde se cultivam principalmente a banana, as mangas e outras frutas. Também há um importante cultivo de cana de açúcar. No oeste, região montanhosa e vulcânica, se cultiva o café e o chá em abundância.

Situação politica

A língua oficial no Quênia é o inglês, no entanto existem aproximadamente 40 dialetos, entre os quais o swahili.

A Republica do Quênia é governada pelo presidente de M. KENYATA. eleito pelo povo em 2012.

O Quênia conheceu, entre 2007 e 2008, uma situação política conflituosa. A partir de então a situação parece estável, havendo em 2010 um importante projeto de Reforma Constitucional, colocado em referendum e que foi aprovado pela maioria dos cidadãos.